Tag Archives: Nike

Bermuda Hurley Phantom 4D

13 fev

Basicamente o que espera-se de uma bermuda de água é que ela seja bonita, seque rapidamente e que, quando molhada, não limite os movimentos. A Hurley parece ter resolvido esses problemas e ainda incorporou novas tecnologias em sua bermuda Phantom 4D que facilita a vida do maior surfista profissional, ao mais popular frequentador da praia com a mínima intenção de subir numa prancha.

A história da Hurley tem seu início no final dos anos 70, em Costa Mesa, sul da Califórnia. O shaper Bob Hurley, até então com seus vinte e poucos anos, resolveu licenciar os direitos de sua marca à Billabong, o que em alguns anos tornaria-se a Billabong EUA. No início de 1998, a Hurley rompeu com a gigante australiana e resolveu começar a caminhar com os seus próprios passos. As vendas dos EUA naquela época eram de 70 milhões de dólares. A marca ganhou notabilidade associando-se com artistas e atletas como Bob Burnquist, Rob Machado, Brandon Boyd do Incubus e bandas como Blink 182 e Avenged Sevenfold. Em 12 de maio de 2002, a empresa foi vendida para a Nike, por um valor não revelado, mas a Hurley continua com uma relativa autonomia de sua mãe Nike e aproveita-se de toda estrutura de inovação tecnológica da empresa localizada no Oregon.

Graças a todo esse know-how, a Hurley inovou e incorporou a conhecida tecnologia Flywire da Nike na Phantom 4D, que acabou ganhando os últimos 4 prêmios de Boardshort of the Year. A bermuda apresenta  uma tecnologia chamada “biomimic”, que se move com o corpo. Os cabos Nike Flywire proporcionam estabilidade em zonas de compressão para manter os shorts no lugar enquanto o corpo está em movimento.

O cós 4D (4 direções de movimento) é soldado e não tem velcro. O sistema de fechamento EZ Fly é feito através de um cordão emborrachado, impedindo que a bermuda desamarre e se abra sozinha. O tecido 4D superstretch é repelente à água e constituído de 100% poliéster reciclado, diminuindo o atrito com a pele, não provocando assaduras.

Quanto ao estilo a empresa deixou nas mãos do artista James “Dalek” Marshall que criou uma linguagem visual impressionante para o produto. “Nós queríamos articular a tecnologia”, disse Marshall. “Se a idéia é criar um Boardshort que se move como você se move, então as necessidades gráficas para refletir essa conexão com o corpo.”

A bermuda é encontrada no Brasil por na faixa de R$ 150, e ela pode ser customizada no site da Hurley por $ 125.

 

 

 

 

Anúncios

Nike Waffle Series

30 nov

O primeiro produto desenvolvido pelo fundador da Nike, Bill Bowerman foi a sola de “waffle”. Bowerman começou a experimentar quais solas teriam uma maior aderência à pista da Universidade de Oregon e descobriu que o poliuretano teve os melhores resultados. Numa manhã de domingo ele derramou poliuretano líquido em uma velha máquina de fazer waffles de sua esposa e usou sua sola no tênis  Nike Waffle Trainner em 1974.

A origem da Nike deu-se em 1964, quando o treinador de atletismo da Universidade do Oregon, Bill Bowerman, e seu atleta, Philip Knight começaram a fazer experimentos para aumentar sua performance. Os dois já eram proprietários da Blue Ribbon Sports, um pequeno distribuidor de tênis japoneses Onitsuka Tiger. Como os lucros da empresa iam de vento em popa o negócio expandiu rapidamente e a Blue Ribbon Sports se preparava para lançar a sua primeira linha de tênis próprios levando o famoso Swoosh, a vírgula da empresa, que a comprou por $35 da designer Carolyn Davidson em 1971. A coleção para futebol chamava-se Nike, o nome da deusa grega da vitória, Νίκη. A partir dai a empresa não vencia fazer pares e mais pares de tênis esportivos sempre apostando em novas tecnologias.

A Nike resolveu eternizar a primeira criação de seu criador. A coleção Nike Vintage, traz a tona novamente todo o cenário de quando a Nike não era a gigante de hoje, com os seus lendários Nike CortezNike Waffle RacerNike Oregon WaffleNike Elite, Nike LD-100Nike Daybreak. Vale a pena dar uma olhada no hotsite da coleção, aqui.