Tag Archives: Hurley

Bermuda Hurley Phantom 4D

13 fev

Basicamente o que espera-se de uma bermuda de água é que ela seja bonita, seque rapidamente e que, quando molhada, não limite os movimentos. A Hurley parece ter resolvido esses problemas e ainda incorporou novas tecnologias em sua bermuda Phantom 4D que facilita a vida do maior surfista profissional, ao mais popular frequentador da praia com a mínima intenção de subir numa prancha.

A história da Hurley tem seu início no final dos anos 70, em Costa Mesa, sul da Califórnia. O shaper Bob Hurley, até então com seus vinte e poucos anos, resolveu licenciar os direitos de sua marca à Billabong, o que em alguns anos tornaria-se a Billabong EUA. No início de 1998, a Hurley rompeu com a gigante australiana e resolveu começar a caminhar com os seus próprios passos. As vendas dos EUA naquela época eram de 70 milhões de dólares. A marca ganhou notabilidade associando-se com artistas e atletas como Bob Burnquist, Rob Machado, Brandon Boyd do Incubus e bandas como Blink 182 e Avenged Sevenfold. Em 12 de maio de 2002, a empresa foi vendida para a Nike, por um valor não revelado, mas a Hurley continua com uma relativa autonomia de sua mãe Nike e aproveita-se de toda estrutura de inovação tecnológica da empresa localizada no Oregon.

Graças a todo esse know-how, a Hurley inovou e incorporou a conhecida tecnologia Flywire da Nike na Phantom 4D, que acabou ganhando os últimos 4 prêmios de Boardshort of the Year. A bermuda apresenta  uma tecnologia chamada “biomimic”, que se move com o corpo. Os cabos Nike Flywire proporcionam estabilidade em zonas de compressão para manter os shorts no lugar enquanto o corpo está em movimento.

O cós 4D (4 direções de movimento) é soldado e não tem velcro. O sistema de fechamento EZ Fly é feito através de um cordão emborrachado, impedindo que a bermuda desamarre e se abra sozinha. O tecido 4D superstretch é repelente à água e constituído de 100% poliéster reciclado, diminuindo o atrito com a pele, não provocando assaduras.

Quanto ao estilo a empresa deixou nas mãos do artista James “Dalek” Marshall que criou uma linguagem visual impressionante para o produto. “Nós queríamos articular a tecnologia”, disse Marshall. “Se a idéia é criar um Boardshort que se move como você se move, então as necessidades gráficas para refletir essa conexão com o corpo.”

A bermuda é encontrada no Brasil por na faixa de R$ 150, e ela pode ser customizada no site da Hurley por $ 125.

 

 

 

 

Anúncios